23.3.10

Quem é que não gosta de sardinha? (e de Amália?)




"O carapau e a sardinha"
Amália Rodrigues

De uma sardinha fresquinha
Diga-me lá quem não gosta
Salpicadinha, viva da costa
Assim vivinha,
Chegadinha de Cascais
Prateadinha
De comer, chorar por mais

Quem é que não gosta
Quem é que não gosta
De uma sardinha
Salpicadinha da costa?

Quando se ouve o pregão
Vê-se logo a mesa posta
Comer à mão, como se gosta
Muito gordinha
No pão saloio a pingar
Uma buchinha
Prá sardinha não queimar

Juntei uma petinguinha
Com um lindo jaquinzinho
Ela assadinha, ele fritinho
O casamento naquele dia se fez
Foi o padrinho o verdinho português

Quem é que não gosta
Quem é que não gosta
De uma sardinha
Salpicadinha da costa?

O carapau e a sardinha
Qual é o mais popular?
É a sardinha, não há que errar
Dos jaquinzinhos
Bem fritinhos, gosto eu
Mas a sardinha
É um petisco do céu

Quem é que não gosta
Quem é que não gosta
De uma sardinha
Salpicadinha da costa?

3 comentários:

pastifício dell'amore disse...

A única coisa chata desse blog é que ele demora para atualizar. Mas a espera vale a pena, pois vem muito bem temperado, azeitado na medida certa.
P.S Fou uma delícia o Rio. Conhecemos o Satyricon e o Artigiano, ambos excelentes além dos botequins de sempre... beijão, saudades

Ines Garçoni disse...

Está decretado o fim da única coisa chata desse blog! Artigiano é delicioso bom-e-barato, dos melhores do Rio, e sobre o Satyricon não posso opinar, minhas posses nunca me permitiram provar desse néctar! a vida tá boa nessa curitiba, pelo que vejo, hein?! beijo beijo!

mariana filgueiras disse...

Eeeeeeeeu prefico carapau a bacalhau! Au Au Au! Quem quiser que me mande pro escambau! Au au au! Eu prefiro carapau!