10.8.07

Fasano e as ostras


Ostras. Até babo só de olhar. E tem que ser assim, ó, sem nada para atrapalhar. Porque, como diz o expert Rogério Fasano, "não existe molho capaz de melhorar o sabor de uma ostra", né? Mas claro que, às vezes, um molhinho pode cair bem, não sejamos radicais. Ai, que vontade. Por falar em Fasano, em breve vou escrever aqui sobre uma entrevista que fiz com ele há pouco tempo. Depois coloco o texto na íntegra. Estou esperando a revista chegar às bancas, não posso furar minha própria matéria, né? Olha a foto exclusiva pro Anástacia, do Marcos André Pinto, fotógrafo gente boníssima que foi fez a pauta comigo: Rogério nas areias de Ipanema, em frente ao novo hotel e restaurante que abrirá no Rio. Só uma provinha... Clique em reportagens, aqui embaixo, e veja o que ele já escreveu sobre gastronomia de laboratório.

5 comentários:

Marcel Miwa & Nina Moori disse...

Molho pode não ser necessário, mas um chablis para acompanhar...abs, Marcel.

valentina disse...

Inês, sou louca por ostras. E só um sumo de limão ou gotinhas de azeite de oliva já me dão imenso prazer.

Anônimo disse...

Hum, adoro ostras, muito bom!!
Belo Blog Inês, bem legal!!
Minha mulher tb comprou o livro "Cozinha de Estar", e a minha vida gastronômica mudou, hahaha, parece até testemunho evangélico!
beijos, Marcos

Marcos Pinto disse...

Hum, adoro ostras, muito bom!!
Belo Blog Inês, bem legal!!
Minha mulher tb comprou o livro "Cozinha de Estar", e a minha vida gastronômica mudou, hahaha, parece até testemunho evangélico!
beijos, Marcos
Agora na versão identificado!!!

Agdah disse...

Que chic!!! Mas, menina, eu só quero chamar você de Anastácia...