31.1.07

Singelo, não?


Perguntei que queijo tão meigo, pequeno e macio era aquele, "de vaca?". "É um queijo regional, minha senhora, não tem leite de vaca", me explicou o português dono da venda (sim, aqui no Porto, os portugueses também são donos de vendas). "Tem leite de ovelha e de cabra". Ah, ótimo, parece bom, pensei. "A senhora prefere um queijo mais duro ou mais amanteigado?". Respondi que, para mim, quanto mais mole o queijo, melhor. E levei esta coisinha pequena e singela na mochila, por 1,35 euros, ou o preço de um bilhete de metrô no Porto. Aprovei. Um queijo forte e de cheiro forte, casca bem dura, mas por dentro quase derretido. Delicioso.

Um comentário:

anouk aimée disse...

não é só o esplendor da manhã que se abre com a faca...