5.7.07

Tainha recheada com ervas e farofa de mariscos




O amor é lindo, a amizade é linda, cozinhar é lindo, a praia de Zimbros eu não conheço, mas sei que é linda. Felicíssima estuo porque meu grande amigo Felipe, homenageado há poucos dias, alguns posts abaixo, e sua (aliás, nossa) querida Josi prepararam um peixe delicioso em Zimbros, Santa Catarina, onde se refugiam nos finais de semana. É a segunda vez que estes mestre-cuca de primeira colaboram com blog. Desta vez, é receita exclusiva! Delícia! Super obrigada, amigos!

"Querida Inezita,
A temporada de tainha em Bombinhas está aberta. E para nosso deleite, no nosso Mediterrâneo, Zimbros, encontramos este peixe sempre fresco. Afinal, nessa época, as tainhas saem de seu habitat natural, de águas gélidas, para desovar em águas mais quentes. Nesse caminho, ela se depara com hábeis pescadores catarinenses, os melhores do país. Assim, poucas conseguem chegar ao destino final. Então só nos resta saboreá-las. Por módicos R$ 3,00 o quilo, sem ova, e R$ 7,00, com ova, é possível comprar uma bela tainha fresca, “com gosto de mar”. Para essa receita isso não faz diferença, já que a iguaria (que por sinal não apreciamos muito) não é utilizada. O sabor da tainha é marcante, então aproveitamos os mariscos frescos que estavam de bobeira na “peixaria das meninas” (também conhecida como peixaria do Villas, na beira do mar de Zimbros) e criamos essa receita exclusiva para o Anastácia na Feira.
Beijos do Felipones e da Josi"

TAINHA RECHEADA COM ERVAS E FAROFA DE MARISCOS

INGREDIENTES
- 1 tainha de aproximadamente 1,2 kg
- 300g de mariscos
- 1 cebola
- 2 dentes de alho
- 50g de manteira
- 100 ml de azeite extra virgem
- 2 gemas
- farinha de mandioca o suficiente para incorporar ingredientes
- 1 maço de salsa
- sal
- pimenta do reino

PRÉ-PREPARO DA TAINHA
- Limpar a tainha deixando a cabeça e o rabo (peça para seu peixeiro fazê-lo)
- Passar sal, pimenta do reino moída na hora e azeite extra virgem por todo o peixe, não esquecendo da pele, pois o azeite dará sabor incrível à casquinha e protegerá o peixe quando for retirado da grelha.
- Deixar descansar por uma hora
Recheio de farofa
- Picar mariscos, cebola e alho
- derreter manteiga e dourar cebola, seguida do alho e mariscos
- refogar durante cinco minutos
- abaixar o fogo e acrescentar farinha de mandioca até incorporar ingredientes. Não deixar secar demais
- acrescentar 50 ml de azeite de oliva.
- tirar do fogo, continuar mexendo e acrescentar duas gemas de ovo

RECHEANDO A TAINHA
- Colocar recheio o suficiente para que o peixe seja fechado. Não exagerar na quantidade;
- Colocar, por cima do recheio, dentro do peixe, o maço de salsas;
- Costurar o peixe com linha de pesca, ou, mais alternativo, colocar diversos palitos, mas proporcionando o fechamento total do peixe.
Após esta etapa, regar mais um pouco de azeite no peixe, e colocá-lo na grelha propícia para peixe assado
- Asse em churrasqueira, com a brasa bem quente e uniforme. Essa é a parte mais difícil e que requer atenção do churrasqueiro. A tainha é um peixe gorduroso (no bom sentido), por isso o ideal é deixá-lo bem tenro, tomando o cuidado para dourar bem por fora, de maneira uniforme, mas sem deixá-lo seco por dentro.

3 comentários:

Elvira disse...

Que prato maravilhoso! Parabéns! :-)

Josie disse...

Ei, Inesita! Vi seu post do guaraná Jesus. Vou te vender uma pauta: só esses guaranás malucos. Sei q vc é fina, mas minha parada é pobre. Além do Jesus tem o guaragay, o mate tigrão e a pepsi de pepino. A moda agora é guaraná temático.

Beijão!

Anônimo disse...

Inês
Tenho outra receira de peixe, só que não é Tainha, é Dourado. Peque um dourado de uns 3 kilos - com escamas!!! (a escama impedirá que o peixe queime na churrasqueira), corte a espinha no meio e abra o peixe. Faça uns cortes junto as espinhas laterais e tempere com sal, pimenta e limão. Coloque na grelha da churrasqueira e por cima ums mistura de camarões cinza com abacaxi e tomates em cubinhos e tempere a gosto.
Vede com papel alumínio e deixe assar por +- uma hora. Jóia