10.4.07

A feijoada de Páscoa do Mineiro e da Marianã


Marianã Filgueiras é anã e mineirim. Passou a Páscoa em Santa Teresa, no Bar do Mineiro, só porque no reino dos barbudos tem cerveja de garrafa. Traçou uma feijuca e, certamente, pagou com moeda. Saiu sastifeita, arrastanu uma sandália de couro, calcanhar sujo, falando qualquer coisa como "cara, eu aaaaaaamo Truffaut", contando os segundos para a sesta. Levava uma foto no bolso, a da feijoada, para colaborar com este blog, com o talento que lhe é peculiar. Eis a feijuca de Páscoa do Mineiro, por Marianã:
"Que feijoada é sonífera eu já sabia. Mas a feijoada do Mineiro, em Santa Teresa, é alucinógena. talvez por castigo dos pagãos que, num domingo de Páscoa, prefiram pés-de-porco, cachaça, rabos, pimenta e orelhas a um peixinho multiplicado por Jesus. Depois de uma feijoada para dois a módicos 30 reales, o caminho de volta, arrastado, e a minha cama por caridade. Sonhei com elfos, dragões que comiam tijolos, borboletas que viravam purpurina no céu do Flamengo, chão de fogo e labirintos em caracol sobre túneis de areia movediça. Oh yeah."


Bar do Mineiro
Rua Paschoal Carlos Magno, 99, Santa Teresa, Rio
Telefone: (21) 2221-9227

Um comentário:

marianã disse...

O melhor da feijoada é o pedacinho de braço que aparece sob a camisetinha preta. :)